CONDIÇÕES CRÔNICAS EM DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR: REVISÃO INTEGRATIVA

Karla Beatriz Barros de Almeida, Juliana Soares Androlage, Reni Aparecida Barsaglini

Resumo


Objetivou-se identificar e descrever as características dos estudos científicos nacionais e internacionais sobre cronicidade em docentes universitários. Realizou-se revisão integrativa da literatura abrangendo a Biblioteca Virtual de Saúde, Scielo, CINAHL e Web of Science. Após criteriosa seleção, chegou-se a 62 estudos para análise. Dentre os resultados, estudos brasileiros predominaram e a condição crônica mais abordada foi o estresse. As condições crônicas vivenciadas por docentes universitários foram ressaltadas nas discussões sobre: associação entre trabalho docente e cronicidade; questões de gênero, enfocando consequências da inserção da mulher no trabalho; intensificação do trabalho docente; correlação entre hábitos de vida e saúde; contexto pandêmico da COVID-19; suporte institucional à saúde dos docentes universitários. Em conclusão, incentiva-se a ampliação: do desenvolvimento da temática no âmbito de estudos qualitativos; da realização de estudos sobre cronicidade por deficiências nos docentes universitários; do estudo das implicações da pandemia pelo novo coronavírus considerando nessa população situações cronificadas que podem ser agravadas.




DOI: https://doi.org/10.36925/sanare.v20i1.1516

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


S A N A R E  - Revista de Políticas Públicas

Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia - ESP-VS

Av. John Sanford, nº 1320 - Bairro Junco - Sobral/CE

CEP: 62030-362  - Fone:(88) 3614.5520

Email: revista_sanare@hotmail.com