A CONSTRUÇÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DAS PRÁTICAS DA TERAPIA OCUPACIONAL NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA A PARTIR DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL

Tatiany Coutinho Cajazeiras Bezerra, Élida Glaura Viera Bezerra de Rosalmeida, Carolina Dias Macedo, Leila Mendes da Silva, Mariana Silva Sampaio de Holanda

Resumo


O presente artigo tem como finalidade relatar as práticas de trabalho realizadas pelo profissional de Terapia Ocupacional na Estratégia Saúde da Família/ESF, durante a Residência Multiprofissional em Saúde da Família/RMSF. Trata-se de um estudo descritivo do tipo relato de experiência acerca das possibilidades de atuação dos Terapeutas Ocupacionais na ESF, diante do vivenciado pelas turmas V, VI e VII da RMSF, durante o período de 2005 a 2010. A partir do registro dessa experiência vislumbra-se novas práxis do terapeuta ocupacional, bem como ressalta-se as importantes contribuições desse profissional na ESF de Sobral, Ceará.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAGÃO, J. M. A. A.; BARROS, M. M. M. A.; MORAES, B. M. Inserção da Terapia Ocupacional na Estratégia Saúde da Família no Município de Sobral-CE. SANARE Revista de Políticas Públicas, Sobral: Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia, 2004.

BARRETO, I. C. H. C. et al. Residência em Saúde da Família: desafio na qualificação dos profissionais na atenção primária. SANARE Revista de Políticas Públicas, Sobral, v. 1, p. 18-26, out./nov./dez. 1999.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 1065/GM de 04 de Julho de 2005. Cria os Núcleos de Atenção Integral na Saúde da Família, com a finalidade de ampliar a integralidade e a resolubilidade da Atenção à Saúde. Brasília, 2005.

BYDLOWSKI, C. R.; WESTPHAL M. F.; PEREIRA, I. M. T. B. Promoção da Saúde: Porque sim e porque ainda não? Saúde e Sociedade, v. 13, n. 1, p. 14-24, jan./abr. 2004.

CANIGLIA, M. Terapia Ocupacional: um enfoque disciplinar. Belo Horizonte: Ophicina de Artes & Prosa, 2005.

DE CARLO, M. M. R. P.; BARTALOTTI, C. C. Terapia Ocupacional no Brasil: fundamentos e perspectivas. São Paulo: Plexus, 2001.

DE CARLO, M. M. R. P.; LUZO, M. C. M. Terapia Ocupacional-reabilitação física e contextos hospitalares. São Paulo: Roca, 2004.

DRUMMOND, A. F; REZENDE, M. B. Intervenções de Terapia Ocupacional. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

FERLAND, F. O modelo lúdico. O brincar, a criança com deficiência física e a Terapia ocupacional. 1. ed. São Paulo: Roca, 2006.

HAGEDORN, R. Fundamentos da Prática em Terapia Ocupacional. São Paulo: Rocca, 2003.

LOPES, W. O.; SAUPE, R.; MASSAROLI, A. Visita Domiciliar: Tecnologia para o cuidado, o ensino e a pesquisa. Cienc. Cuid. Saúde, v. 7, n. 2, p. 241-247, abr./jun. 2008.

MAXIMINO, V. S. A constituição de grupos de atividades com pacientes graves. Revista do Centro de Estudos de Terapia Ocupacional, v.1, 1997.

MENDES, A. O. OLIVEIRA, F. A. Visitas domiciliares pela equipe de Saúde da Família: reflexões para um olhar ampliado do profissional. Rev. Bras. Med. Farm. Com., Rio de janeiro, v.2, n. 8, jan./mar. 2007.

MORAES, B. M.; BEZERRA, T. C. C.; CAMURÇA, C. E. S. Construindo caminhos para (re) significação do cotidiano dos indivíduos: Desafios e Possibilidades de atuação da Terapia Ocupacional no Núcleo de Atenção Integral na Saúde da Família do município de Sobral – CE. 2006. [Mimeo].

PICHON – RIVIERE, H. Teoria do vinculo. Buenos Aires: Nueva Vision, 1980.

SOBRAL. Secretaria de Saúde e Ação Social. Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia. Proposta técnico-pedagógica da V Turma da Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Escola de Formação em saúde da Família Visconde de Sabóia. Sobral [Mimeo].


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


S A N A R E  - Revista de Políticas Públicas

Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia - EFSFVS

Av. John Sanford, nº 1320 - Bairro Junco - Sobral/CE

CEP: 62030-362  - Fone:(88) 3614.5520

Email: revista_sanare@hotmail.com