SERVIÇO SOCIAL, ARTE E HUMANIZAÇÃO: OLHAR DAS MÃES SOBRE A VISITA DOS PALHAÇOS NA PEDIATRIA

Francisca Leyla da Silva Morais, Angélica Maria Barbosa, Fátima Maria Coelho Bezerra Bastos, Renata Lima da Costa

Resumo


A hospitalização de uma criança altera o equilíbrio de uma família, que precisa reorganizar-se em torno da recuperação dela, sendo a mãe normalmente o membro familiar que acompanha a criança no hospital. Este estudo teve por objetivo elucidar os potenciais da arte em processos de humanização dos serviços de saúde, por meio do olhar das mães com filhos internados. Trata-se de pesquisa-ação com abordagem qualitativa, tendo como cenário o Setor de Pediatria do Hospital de Messejana “Dr. Carlos Alberto Studart Gomes” (HM), em Fortaleza-CE. A coleta de dados consistiu na realização de entrevistas, posteriormente gravadas e transcritas até a saturação dos dados. Os dados foram submetidos a Análise de Conteúdo de Bardin. A amostra consistiu em 12 mães. Os resultados foram organizados em 3 categorias temáticas: a) Hospitalização infantil; b) Humanização do atendimento hospitalar; e c) Visita do Projeto Trupe Sorriso. Concluiu-se ser primordial que haja sensibilização quanto à problematização da realidade, a partir da equipe multidisciplinar de saúde, e ao aprofundamento do tema para esclarecer as dúvidas das mães sobre o assunto.


Texto completo:

PDF

Referências


Bravo MI, Mota AE, Lima R, organizers. Política de saúde no Brasil. 4. ed. São Paulo: Cortez; 2018.

Bravo MI. Serviço social e reforma sanitária: lutas sociais e práticas profissionais. São Paulo: Cortez; 2015.

Brasil. Política Nacional de Normalização: atenção hospitalar. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2013. (Cadernos HumanizaSUS, v. 3).

Silva DC, Krüger TR. Parâmetros para a atuação de assistentes sociais na política de saúde: o significado no exercício profissional. Temporalis [serial on the internet]. 2018 [cited 2020 Nov 13];18(35):265-88. Available from: file:///D:/19578-Texto%20do%20artigo-59300-1-10-20180710.pdf

Brasil. Resolução n. 553, de 9 de agosto de 2017. Aprova a atualização da Carta dos Direitos e Deveres da Pessoa Usuária da Saúde, que dispõe sobre as diretrizes dos Direitos e Deveres da Pessoa Usuária da Saúde. Brasília (DF): Conselho Nacional de Saúde; 2017.

Brasil. A experiência da diretriz de Ambiência da Política Nacional de Humanização – PNH. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2017.

Matos MC. Considerações sobre atribuições e competências profissionais de assistentes sociais na atualidade. Serv Soc Soc [serial on the internet]. 2015 [cited 2020 Nov 13];(124):678-98. Available from: https://www.scielo.br/pdf/sssoc/n124/0101-6628-sssoc-124-0678.pdf

Alves FL, Mioto RC, Gerber LM. A política nacional de humanização e o serviço social: elementos para o debate. Serviço Social e Saúde [serial on the internet]. 2015 [cited 2020 Nov 13];(6):35-52. Available from: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8634944

Sahão BP. Aspectos sociais da arte na sociedade capitalista: uma reflexão sobre a função social da arte nas relações humanas [monograph on the internet]. São Paulo: Universidade de São Paulo; 2014 [cited 2020 Nov 13]. Available from: http://celacc.eca.usp.br/sites/default/files/media/tcc/artigo_tcc_final_sahuo.pdf

Fischer E. A necessidade da arte. Rio de Janeiro: Zahar; 1983.

Digiácomo MJ, Digiácomo IA. Estatuto da Criança e do Adolescente anotado e interpretado. 7 ed. Curitiba: Ministério Público do Estado do Paraná; 2017.

Minayo MC. Amostragem e saturação em pesquisas qualitativa: consensos e controvérsias. Revista Pesquisa Qualitativa [serial on the internet]. 2017 [cited 2020 Nov 13];(5):1-12. Available from: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4111455/mod_resource/content/1/Minayosaturacao.pdf

Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa: Ed. 70; 2016.

Deslandes SF, Otávio CN, Gomes R, Minayo MC. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 34. ed. Petrópolis (RJ): Vozes; 2015.

Brasil. Resolução n. 466, de 12 de dezembro de 2012 [document on the internet]. Brasília (DF): Conselho Nacional de Saúde; 2012 [cited 2020 Nov 13]. Available from: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

Caires S, Esteves CH, Correia S, Almeida I. Palhaços de hospital como estratégia de amenização da experiência de hospitalização infantil. Psico USF [serial on the internet]. 2014 [cited 2020 Nov 13];(19):377-86. Available from: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141382712014000300002&lng=pt&tlng=pt

Ribeiro I, Silveira MG. Humanização hospitalar no Sistema Único de Saúde. Revista Interdisciplinar Ciências e Saúde [serial on the internet]. 2015 [cited 2020 Nov 13];(2):19-24. Available from: https://revistas.ufpi.br/index.php/rics/article/view/2040

Torquato IM, Collet NC, Dantas MS, Jonas MF, Trigueiro JV, Nogueira MF. Assistência humanizada à criança hospitalizada: percepção do acompanhante. Rev Enferm UFPE On Line [serial on the internet]. 2013 [cited 2020 Nov 13];7(9):5541-9. Available from: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/13672/16561

Araújo EJ, Ponte KM, Araújo LM, Farias MS. Satisfação dos familiares com humanização da assistência em UTI. Sanare (Sobral, Online) [serial on the internet]. 2019 [cited 2020 Nov 13];18(1):6-11. Available from: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/issue/view/39




DOI: https://doi.org/10.36925/sanare.v19i2.1473

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


S A N A R E  - Revista de Políticas Públicas

Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia - ESP-VS

Av. John Sanford, nº 1320 - Bairro Junco - Sobral/CE

CEP: 62030-362  - Fone:(88) 3614.5520

Email: revista_sanare@hotmail.com