PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS CASOS DE SÍFILIS EM GESTANTE NO MUNICÍPIO DE SOBRAL, CEARÁ, DE 2006 A 2010

Karina Oliveira de Mesquita, Gleiciane Kellen Lima, Sandra Maria Carneiro Flôr, Cibelly Aliny Siqueira Lima Freitas, Maria Socorro Carneiro Linhares

Resumo


O objetivo deste estudo é analisar o perfil epidemiológico dos casos de sífilis em gestante de Sobral, Ceará, no período de 2006 a 2010. Trata-se de uma pesquisa epidemiológica descritiva e documental, com abordagem quantitativa, realizado no Serviço de Vigilância Epidemiológica, em abril/2011, a partir de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINANNET).
Os dados foram estratificados segundo: classificação clínica, escolaridade, zona de residência e faixa etária. Seguiram-se
os princípios da Resolução n° 196/96 do Conselho Nacional de Saúde. Em relação a distribuição dos casos, pode-se perceber que no ano de 2006 foram notificados dois casos, enquanto que nos anos posteriores foram notificados acima de 30 casos. Houve uma prevalência de casos da zona urbana em relação à rural. A faixa etária mais atingida foi de 20 a 29 anos. A doença mostrou-se prevalente nas mulheres que cursaram da 5ª a 8ª série do ensino fundamental. A classificação clínica mais incidente foi à primária com 71,43% dos casos em 2008. Conclui-se que uma assistência pré-natal adequada demanda atenção especial para o completo registro dos dados, bem como o conhecimento do perfil da doença, permitindo traçar estratégias de ações direcionadas, visando à prevenção e o controle da sífilis gestacional.

Texto completo:

PDF

Referências


Organização Mundial de Saúde (OMS). Sexually transmitted

infections. [acesso em 06 set 2009]. Disponível em: http://

www.who.int/mediacentre/

factsheets/fs110/en/index.html.

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Vigilância

em Saúde, Programa Nacional de DST/AIDS. Diretrizes para

controle da sífilis congênita – manual de bolso. 2ª ed.

Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Vigilância em

Saúde. Guia de vigilância epidemiológica. 7ª ed. Brasília:

Ministério da Saúde, 2009.

Ministério da Saúde (Brasil), Coordenação Nacional DST/

AIDS. Boletim epidemiológico AIDS e DST. Brasília: Ministério

da Saúde; 2010.

Ministério da Saúde (Brasil), Secretaria de Vigilância em

Saúde, Programa Nacional de DST e AIDS. Protocolo para a

prevenção de transmissão vertical de HIV e sífilis – manual

de bolso. 1ª ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2007.

Lima-Costa MF, Barreto SM. Tipos de estudos

epidemiológicos: conceitos básicos e aplicações na área do

envelhecimento. Epidemiol Serv Saúde 2003; 12(4): 189-201.

Ministério da Saúde (Brasil), Conselho Nacional de Saúde,

Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. Resolução N.º 196 de

de outubro de 1996: diretrizes e normas regulamentadoras

de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília: Ministério

da Saúde; 1996.

Araújo MAL, Silva DMA, Silva RM, Gonçalves MLC. Análise

da qualidade dos registros nos prontuários de gestantes com

exame de VDRL reagente. Rev APS 2008; 11(1): 4-9.

Ferreira VMB, Portela MC, Vasconcellos MTL. Fatores

associados à subnotificação de pacientes com Aids no Rio de

Janeiro, RJ, 1996. Rev Saúde Públ 2000; 34:(2):170-7.

Figueiró-Filho EA, Gardenal RVC, Assunção LA, Costa GR,

Periotto CRL, Vedovatte CA, et al. Sífilis Congênita como

Fator de Assistência Pré-Natal no Município de Campo Grande

– MS. DST – J bras Doenças Sex Transm 2007; 19(3-4): 139-

Saraceni V, Guimarães MHFS, Filha MMT, Leal MC.

Mortalidade perinatal por sífilis congênita: indicador da

qualidade da atenção à mulher e a criança. Cad Saúde Pública

; 21(4): 1244-50.

Leitão EJL, Canedo MCM, Furiatti MF, Oliveira LRS, Diener

LS, Lobo MP, et al. Sífilis gestacional como indicador da

qualidade do pré-natal no Centro de Saúde n.º 2 Samambaia-

DF. Comun Ciênc Saúde 2009; 20(4): 307-314.

Germano FN, Silva TMG, Sassi RM, Martínez AMB. Alta

prevalência de usuários que não retornam aos Centros de

Testagem e Aconselhamento (CTA) para o conhecimento de

seus status sorológico – Rio Grande, RS, Brasil. Cien Saude

Colet 2008; 13(3): 1033-40.

Guidi R. Manifestações bucais da sífilis: estudo

retrospectivo. Dissertação (Mestrado). Faculdade de

odontologia: Universidade Federal de Uberlândia; 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


S A N A R E  - Revista de Políticas Públicas

Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia - ESP-VS

Av. John Sanford, nº 1320 - Bairro Junco - Sobral/CE

CEP: 62030-362  - Fone:(88) 3614.5520

Email: revista_sanare@hotmail.com