ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO DAS CONDIÇÕES CRÔNICAS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: A CONTRIBUIÇÃO DA PSICOLOGIA

Cicero Gomes dos Santos Neto, Maria Idalice Silva Barbosa

Resumo


A construção do Sistema Único de Saúde (SUS) e a Reforma Psiquiátrica no Brasil geraram novos espaços para a atuação dos profissionais de psicologia e a necessidade de refletir sobre suas práticas. Este estudo teve por objetivo investigar a percepção do psicólogo na atenção primária à saúde (APS) em Tauá-CE sobre seu papel diante dos usuários com condições crônicas estratificadas. Trata-se de estudo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa. Participaram do estudo 4 psicólogas que trabalhavam na APS do município. Aplicou-se uma entrevista semiestruturada e um grupo focal para coleta de informações, mediante gravação. Os dados foram submetidos a análise do conteúdo categorial, que originou as seguintes categorias: 1) Percepção da organização da atenção primar ia à saúde em Tauá; e 2) Percepção das contribuições da psicologia no controle das condições crônicas estratificadas. Os profissionais reconheceram a importância da estratificação de risco para o acompanhamento e direcionamento das ações, porém, não se constatou quais são os parâmetros adotados na linha de cuidado a partir do grau de risco identificado para as condições crônicas, tampouco qual é a contribuição específica do psicólogo com o acompanhamento desses usuários, diferenciando sua abordagem a partir do grau de risco identificado por meio da estratificação realizada pela planificação da APS em Tauá.

Texto completo:

PDF

Referências


Azevedo NS, Kind L. Psicologia nos núcleos de apoio à

saúde da família em Belo Horizonte. Psicol Ciênc Prof [serial

on the internet]. 2013 [cited 2018 May 4];33(3):520-35.

Available from: http://www.scielo.br/pdf/pcp/v33n3/

v33n3a02.pdf

Dimenstein MDB. O psicólogo nas unidades básicas de

saúde: desafios para a formação e atuação profissionais.

Estud Psicol (Natal) [serial on the internet]. 1998 [cited

May 4];3(1):53-81. Available from: http://www.scielo.

br/pdf/epsic/v3n1/a04v03n1.pdf

Dimenstein MDB. A cultura profissional do psicólogo e o

ideário individualista: implicações para a prática no campo

da assistência pública à saúde. Estud Psicol (Natal) [serial

on the internet]. 2000 [cited 2018 May 4];5(1):95-121.

Available from: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v5n1/

a06v05n1.pdf

Andrade JFSM, Simon CP. Psicologia na atenção primária

à saúde: reflexões e implicações práticas. Paidéia [serial on

the internet]. 2009 [cited 2018 May 4];19(43):167-75.

Available from: http://www.scielo.br/pdf/paideia/

v19n43/04.pdf

Brasil. Portaria n. 154, de 24 de janeiro de 2008. Cria os

Núcleos de Apoio à Saúde da Família - NASF [document on

the internet]. 2008 [cited 2018 May 18]. Available from:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/

prt0154_24_01_2008.html

Brasil. Diretrizes do NASF: núcleo de apoio à saúde da

família [document on the internet]. Brasília (DF): Ministério

da Saúde; 2010 [cited 2018 May 18]. (Cadernos de Atenção

Básica). Available from: http://189.28.128.100/dab/docs/

publicacoes/cadernos_ab/abcad27.pdf

Pitombeira DF, Xavier AS, Barroso REC, Oliveira PRS.

Psicologia e a formação para a saúde: experiências

formativas e transformações curriculares em debate. Psicol

Ciênc Prof [serial on the internet]. 2016 [cited 2018 May

;36(2):280-91. Available from: http://www.scielo.br/pdf/

pcp/v36n2/1982-3703-pcp-36-2-0280.pdf

Mendes EV. A construção social da atenção primária à

saúde [document on the internet]. Brasília (DF): Conselho

Nacional de Secretários de Saúde; 2015 [cited 2018 May

. Available from: http://www.saude.go.gov.br/wpc

o n t e n t /

uploads/2016/12/a-construcao-social-da-atencao-primariaa-

saude.pdf

Brasil. Sistema Nacional de Vigilância em Saúde: relatório

de situação – Ceará [document on the internet]. 5. ed.

Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2011 [cited 2018 May

. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/

publicacoes/sistema_nacional_vigilancia_saude_ce_5ed.pdf

Mendes EV. As redes de atenção à saúde [document on

the internet]. Brasília (DF): Organização Pan-Americana da

Saúde; 2011 [cited 2018 May 18]. Available from: http://

bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/redes_de_atencao_

saude.pdf

Brasil. Planificação da atenção primária à saúde nos

estados [document on the internet]. Brasília (DF): Conselho

Nacional de Secretários de Saúde; 2011 [cited 2018 May

. Available from: http://www.conass.org.br/

conassdocumenta/cd_23.pdf

Tauá (Município). Relatório da Planificação da Atenção

Primária à Saúde de Tauá. Tauá (CE): Prefeitura Municipal de

Tauá; 2016.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo

[homepage on the internet]. Brasília (DF): IBGE; 2010

[cited 2018 May 18]. Available from: https://censo2010.

ibge.gov.br/

Ressel LB, Beck CLC, Gualda DMR, Hoffmann IC, Silva RM,

Sehnem GD. O uso do grupo focal em pesquisa qualitativa.

Texto & Contexto Enferm [serial on the internet]. 2008

[cited 2018 May 18];17:779-86. Available from: http://

www.index-f.com/textocontexto/2008pdf/17-779786.pdf

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Ed.70;2011.

Brasil. Resolução n. 466, de 12 de dezembro de 2012.

Dispõe sobre pesquisas que envolvam seres humanos

[document on the internet]. 2012 [cited 2018 May 18].

Available from: http://conselho.saude.gov.br/

resolucoes/2012/Reso466.pdf

Carvalho TGS, Almeida AMB, Bezerra MIC. Percepção dos

profissionais de saúde da atenção primária sobre educaçãopermanente em saúde. Sanare (Sobral, Online) [serial on the

internet]. 2016 [cited 2018 May 18];15(2):94-103. Available

from: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/

view/1043/589

Barbosa LA, Oliveira CC, Dantas TM. Percepção de

usuários da atenção primária sobre a Estratégia de Saúde da

Família. Saúde e Transformação Social [serial on the

internet]. 2012 [cited 2018 May 18];3(4):37-43. Available

from: http://incubadora.periodicos.ufsc.br/index.php/

saudeetransformacao/article/view/1617/2239

Ronzani TM, Rodrigues MC. O psicólogo na atenção

primária à saúde: contribuições, desafios e

redirecionamentos. Psicol Ciênc Prof [serial on the internet].

[cited 2018 May 18];1:132-43. Available from: http://

pepsic.bvsalud.org/pdf/pcp/v26n1/v26n1a12.pdf

Gorayeb R, Borges CD, Oliveira CM. Psicologia na atenção

primária: ações e reflexões em programa de aprimoramento

profissional. Psicol Ciênc Prof [serial on the internet]. 2012

[cited 2018 May 18];32(3):674-85. Available from: http://

www.scielo.br/pdf/pcp/v32n3/v32n3a12.pdf

Mendes EV. O cuidado das condições crônicas na atenção

primária à saúde: o imperativo da consolidação da Estratégia

da Saúde da Família [document on the internet]. Brasília

(DF): Organização Pan-Americana da Saúde; 2012 [cited

May 18]. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/

bvs/publicacoes/cuidado_condicoes_atencao_primaria_

saude.pdf

Campos GWS, Domitti AC. Apoio matricial e equipe de

referência: uma metodologia para gestão do trabalho

interdisciplinar em saúde. Cad Saúde Pública [serial on the

internet]. 2007 [cited 2018 May 18];23(2):399-407.

Available from: http://www.scielo.br/pdf/csp/v23n2/16.pdf

Franco A, Mota E. Distribuição e atuação dos psicólogos

na rede de unidades públicas de saúde no Brasil. Psicol

Ciênc Prof [serial on the internet]. 2003 [cited 2018 May

;23(3):50-9. Available from: http://www.scielo.br/pdf/

pcp/v23n3/v23n3a08.pdf


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


S A N A R E  - Revista de Políticas Públicas

Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia - EFSFVS

Av. John Sanford, nº 1320 - Bairro Junco - Sobral/CE

CEP: 62030-362  - Fone:(88) 3614.5520

Email: revista_sanare@hotmail.com