VIVÊNCIAS E ESTÁGIOS NA REALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: DEBATENDO GÊNERO, FEMINISMO E DIVERSIDADE

Gilson Aquino Cavalcante, Jonatas Gomes Neri, Sueli Alves Castanha, Juciano de Sousa Lacerda

Resumo


Este artigo descreve a experiência de estudantes de graduação em Enfermagem no programa “Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde” (VER-SUS), versão 2016.1, que ocorreu em Natal (RN), e sua abordagem às temáticas gênero, feminismo e população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros (LGBT). Trata-se de um relato de experiência descrito pelos estudantes por meio de um portfólio entregue ao final das vivências, como forma de comprovar a participação e obter a certificação do programa. No decorrer de toda a vivência, os estudantes se depararam com os mais diferentes cenários e realidades da saúde brasileira no que tange ao Sistema Único de Saúde (SUS), como as unidades básicas de saúde (UBS) e sua organização. Esse contato possibilitou a observação do desconhecimento dos estudantes sobre o SUS e sua organização, bem como acerca das temáticas gênero, feminismo e população LGBT. O VER-SUS constitui um importante dispositivo que possibilita aos estudantes participantes adentrar um espaço diversificado de aprendizagem e vivências relacionadas a seu futuro cotidiano de trabalho. Assim sugere-se a continuação e divulgação desse programa, que proporciona capacitação em diversas temáticas no que se refere a atenção à saúde e organização do sistema de saúde brasileiro.


Texto completo:

PDF

Referências


Paim JS. Reforma sanitária brasileira: contribuição para a compreensão e crítica. 2007. Tese (Doutorado em Saúde Pública) – Instituto de Saúde Pública, UFBA, Bahia. Available from: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ ri/10376/1/5555555555.pdf

Silva RPG, Rodrigues RM. Sistema Único de Saúde e a graduação em enfermagem no Paraná. Rev Bras Enferm [serial on the internet]. 2010 [cited 2018 Apr 22];63(1):66- 72. Available from: https://pdfs.semanticscholar.org/8728/ 5761bf2a5165d15c0955a6471af914952b68.pdf

Gomes AMT, Oliveira DC, Sá CP. As representações sociais do Sistema Único de Saúde no município do Rio de Janeiro. Rev Latinoam Enferm [serial on the internet]. 2008 [cited 2018 Apr 22];16(1):122-9. Available from: http://www. scielo.br/pdf/rlae/v16n1/pt_18

Lira Neto JCG, Freitas RWJF, Brito ECC, Santos LR, Alves LEP, Alves LRA. VER-SUS: an experience report about a life experience-stage in the reality of the Unified Health System. Rev Enferm UFPE On Line [serial on the internet]. 2013 [cited 2018 Apr 22];7(Spec):1042-6. Available from: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/ article/viewFile/11574/13572

Leal CJ, Oliveira LB. A escola e a desnaturalização do gênero e da sexualidade: na construção de uma sociedade de respeito às diferenças. In: Bento B, Félix-Silva AV, organizer. Desfazendo gênero: educação da diferença, masculinidades, feminismos e literatura. Natal: Ed. UFRN; 2015. p. 21-46.

Gore JM. Foucault e educação: fascinantes desafios. In: Silva TT, organizer. O sujeito da educação: estudos foucaultianos. 7. ed. Petrópolis (RJ): Vozes; 2010. p. 9-20.

Pedrosa R, Ferla AA. Refletindo o Programa Mais Médicos em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, a partir do olhar dos participantes do VER-SUS, edição verão 2014. IV Congresso Piauiense de Saúde Pública; 2015; Parnaíba. Anais. (Sanare (Sobral, Online) [serial on the internet]. 2015 [cited 2018 Apr 22];14(Suppl 1):42). Available from: https://sanare. emnuvens.com.br/sanare/article/viewFile/666/369

VER-SUS [homepage on the internet]. Porto Alegre: Ministério Saúde; [s.d] [cited 2018 Apr 22]. Available from: http://www.otics.org/estacoes-de-observacao/versus

Oliveira EN, Araújo MFM. Gênero e saúde. Sanare (Sobral, Online) [serial on the internet];2002 [cited 2017 May 4];3(1):59-62. Available from: http://sanare.emnuvens. com.br/sanare/article/view/90/82

Brasil. Diversidades sexuais. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2011.

Levatti EG. Um breve olhar acerca do movimento feminista. Bauru (SP): Unesp; 2011.

Brasil. Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


S A N A R E  - Revista de Políticas Públicas

Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia - EFSFVS

Av. John Sanford, nº 1320 - Bairro Junco - Sobral/CE

CEP: 62030-362  - Fone:(88) 3614.5520

Email: revista_sanare@hotmail.com